Jovens participam de vigília em sintonia com a JMJ de Cracóvia

Aproximadamente 300 jovens de toda Arquidiocese de Curitiba participaram da Vigília no Santuário Nossa Senhora do Carmo, no Boqueirão, na noite do dia 30/07. O evento foi simultâneo à Vigília da JMJ em Cracóvia. O evento em Curitiba começou com a Santa Missa presidida pelo Arcebispo de Curitiba, Dom José Antônio Peruzzo, e durante a noite os jovens participaram de momentos de pregações, orações, louvores e Adoração ao Santíssimo Sacramento.

A iniciativa, do Setor Boqueirão, teve como objetivo promover o crescimento espiritual dos jovens e também motivar a oração por toda a juventude, em sintonia com os peregrinos da JMJ.

Para os jovens que participaram da Vigília, a experiência foi tão enriquecedora quanto estar na JMJ. Para Dayana Possani (18), da Paróquia Nossa Senhora da Luz, a experiência com Deus mudou depois de participar da noite de orações. “A vigília sem dúvidas foi um dos momentos mais incríveis da minha caminhada com Deus até agora. Para mim, o mais especial foram os primeiros minutos, em que o Santíssimo entrou, pedi para que eu o sentisse como nunca tinha sentido antes, e Ele me atendeu… Cheguei até a passar mal, mas tenho certeza que foi o Espírito Santo descendo sobre mim”, conta.

A experiência de Isabelly Hisnauer Domingues (18) do grupo JUSPA da Paróquia São Paulo Apóstolo também foi forte. “Acredito fortemente que o acaso não existe. Tudo tem um propósito e há tempo para todas as coisas. Essa vigília não foi diferente, pois através dela Deus me fez refletir sobre minha vida. Em cada momento fui tocada de uma maneira diferente. Ele me concedeu a Graça que tanto pedi, trouxe-me a libertação de sentimentos que me aprisionavam a tempos. Libertei-me através de seu amor. Entreguei-me em seus braços e fui acolhida por um Pai extremamente amoroso. É difícil descrever essa vigília em palavras. Sou extremamente grata por aqueles que ouviram a voz de Deus e deram o seu sim para que essa vigília acontecesse! Que Deus abençoe cada um”, explica.

Thassilla Fernandes (25), da Comunidade Canção Nova, Paróquia Santo Antônio Maria Claret, destaca que o propósito faz cada minuto valer a pena. “Para alguns poderia ser perda de tempo. Muitos se perguntam ‘o que faz os jovens passarem a noite em claro, em vigília? ’. Diria que é exatamente pelo propósito de adorar aquele que morreu por nós! Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus, como se coloca em 1 Coríntios 1:18. Deus nos pede comunhão e foi exatamente o que vivemos no sábado. Estávamos em comunhão com o mundo todo, em comunhão com os jovens que estavam na Jornada Mundial da Juventude e só de estarmos juntos, com o verdadeiro amor que é nosso Senhor já valeu a pena! ”.

A Vigília foi das 21h30 do dia 30 de julho, até as 5h00 do dia 31.

Fotos: Patryck Madeira – Wood Fotografia

Autor: Comunicação
Tags